Nasce uma nova especialidade médica: Neuropelveologia

O termo Neuropelveologia foi criado em 2003 pelo médico francês radicado na Suíça, Prof. Dr. Marc Possover. De lá para cá, inúmeros foram os avanços observados nesta área, trazida ao Brasil pelo Dr. Nucelio Lemos.

A Neuropelveologia surgiu de uma nova abordagem ao lidar com os nervos lombares e sacrais – que controlam as pernas, os músculos do assoalho pélvico (períneo), a bexiga, o reto, a uretra e o ânus – por meio da videolaparoscopia, a partir da combinação de conhecimentos e tecnologias já disponíveis na Ginecologia e na Neurocirurgia.

Isso propiciou um novo ponto de vista sobre estes nervos, que até então constituíam uma “área cinzenta da medicina” devido à dificuldade que se tinha em acessá-los. Agora, os especialistas buscam desvendar as inúmeras possibilidades desta nova área, que poderá beneficiar milhares de pacientes no mundo inteiro.

Inovações importantes

Dentre as inovações trazidas por esta nova abordagem, podemos citar a realização de diagnósticos até então pouco conhecidos ou não realizados, devido à dificuldade de abordagem dos nervos da região pélvica, como a endometriose dentro ou em volta dos nervos, compressões nervosas por fibrose (“cicatrizes”) decorrentes de procedimentos cirúrgicos ou ainda a compressão de nervos por varizes intra-abdominais.

Outra aplicação é a implantação de neuroestimuladores na região abdominal, oferecendo esperança a paraplégicos, tetraplégicos, amputados com dores em membros fantasma, portadores de dores crônicas nas pernas e região glútea, além de alguns casos de incontinências urinária e anal.

Em 2011, de volta ao Brasil, Dr. Nucelio passou a integrar a equipe multiprofissional e multidisciplinar do Setor de Doenças Neuromusculares do Departamento de Neurologia e Neurocirurgia da EPM-UNIFESP, chefiado pelo Dr. Acary Oliveira.

Assim, associa-se o trabalho do Cirurgião Neurofuncional ao que já se vinha desenvolvendo pelo Neurologista e suas equipes de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. “Com esta nova ferramenta, estou certo de que conseguiremos resultados melhores e mais precoces”, diz Acary Oliveira.

Em 2016, surgiu o Increasing – Instituto de Cuidados, Reabilitação e Assistência em Neuropelveologia e Ginecologia, o primeiro centro do mundo a oferecer cuidados multidisciplinares e multiprofissionais integrados em Neuropelveologia.

Este modelo de assistência tornou-se a referência mundial para a essa nova especialidade. Desde então, o Increasing vem atraindo profissionais de diversas partes do mundo que buscam implementar a Neuropelveologia neste modelo assistencial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Translate »